Notícias

Tecnologia garante rebanho suplementado e lucratividade para a fazenda durante as chuvas

17/12/2020

O período das chuvas é uma época importante para pecuária, tendo em vista que é nesta fase que o pecuarista tem a oportunidade de intensificar os ganhos de peso dos animais, devido a melhores pastagens. Mas é nesta estação também que eles encontram um grande desafio, como garantir a boa suplementação mesmo com as chuvas, que geram perdas nos cochos, pelo escoamento e empedramento do suplemento mineral em pó.

Tendo em vista a importância da suplementação na rentabilidade da pecuária, a Connan, uma das principais indústrias de nutrição animal do Brasil, oferece ao mercado uma tecnologia que tem garantido bons resultados aos criadores há mais de 20 anos, o Aglomerax.

“Mesmo depois de tomar chuva o produto não perde a consistência. Ele mantém seu formato de grânulos, podendo molhar sem perder as propriedades”, afirma o produtor Valerin Maia, proprietário da Fazenda Nossa Senhora Aparecida, no município de Alto Paraíso (RO), que é parceiro da Connan há mais de 20 anos e utiliza a tecnologia Aglomerax para suplementar o rebanho. 

“Mesmo com chuva, o Aglomerax não se deteriora, não estraga. No início da nossa atividade começamos com os cochos no chão. Na época das águas, mesmo o produto da Connan tomando chuva, o gado nunca deixou de consumir, mesmo molhado. Seguimos até hoje trabalhando com essa tecnologia e registrando resultados positivos e satisfatórios para a nossa propriedade”, destacou Valerin.

O Aglomerax é um suplemento produzido a partir de um processo de alta tecnologia, único no mercado, que aglomera os nutrientes na mesma partícula (grânulo), protege o suplemento mineral do empedramento no cocho e reduz perdas com a passagem da água da chuva.

Com o uso dessa tecnologia 100% brasileira e que não é resultado de tratamento químico de proteção, o suplemento ganha maior resistência à ação das chuvas, o que reduz drasticamente o desperdício, tornando o sistema produtivo mais rentável e sustentável. “Outra vantagem do Aglomerax é o fato dos nutrientes ficarem contidos no interior das partículas e, por isso, não absorvem umidade, evitando seu empedramento no cocho, fator que afeta o consumo dos animais”, destaca o médico-veterinário e gerente de Tecnologia e Marketing da Connan, Marcio Bonin.

Tecnologia aprovada no campo

Pecuarista no município de Santa Izabel do Pará (PA), o proprietário da Fazenda Santa Terezinha, Marcílio Monteiro, faz uso do Aglomerax na suplementação do seu rebanho há três anos. Segundo ele, mesmo estando em na região Amazônica, onde o índice pluviométrico é muito alto, com umidade relativa do ar em torno dos 95%, os resultados são muitos positivos, o que reforça a importância do uso do produto da Connan. “Essa tecnologia tornou-se fundamental, principalmente pela umidade do ar. Essa troca da suplementação em pó pelo aglomerado demonstrou-se extremante eficiente, no sentido de se evitar o desperdício e, principalmente, a utilização de garantias do fator nutricional”, aponta ele.

“Registramos ganhos efetivos nos cochos, pois trabalhamos com sistema rotacionado. A eficiência do Aglomerax se soma à presença efetiva da assistência técnica da empresa na nossa propriedade, o que garante que tenhamos um bom ganho, com a adequação do uso de um bom núcleo e o apoio técnico para saber qual a melhor forma, quanto, quando e como utilizar melhor essa tecnologia”, ressalta Monteiro.

Experimentos promovidos pela Embrapa Gado de Corte, de Campo Grande (MS), com o produto, comprovaram que o Aglomerax oferece um rendimento 16% superior quando comparado aos suplementos em pó. A manutenção da forma física do produto é seu principal diferencial, pois é o fator que garante sua manutenção, principalmente, em relação às perdas por empedramento.

“Os resultados confirmaram que o produto mantém sua palatabilidade e apontaram uma tendência de ganho de até 40 gramas adicionais no GMD (Ganho Médio Diário), devido à sua maior resistência ao empedramento e maior estabilidade do consumo”, complementa Bonin.

Esse rendimento foi confirmado pelo pecuarista e proprietário da Estância São Miguel Arcanjo, no município de Colíder (MT), Vilson Alves Pires, que utiliza o Aglomerax há mais de quatro anos e garante não ter mais registrado desperdícios com suplemento empedrado no cocho desde então. “Antes do Aglomerax usávamos um suplemento em pó e perdíamos muito com empedramento na época das chuvas. Desde que passamos a usar o produto não temos mais empedramento nem desperdício. Estou muito satisfeito”, constata.