Notícias

Propriedade registra ganho de rentabilidade com implantação de Terminação Intensiva a Pasto

03/09/2019

Connan, em parceria com o Grupo Frigomil, comprova resultados de sucesso com implantação de sistema em Rondônia

Os resultados de sucesso zootécnico e de rentabilidade financeira do sistema de Terminação Intensiva a Pasto (TIP) da Connan, uma das principais indústrias de nutrição animal do Brasil, foram confirmados pelo pecuarista Renato Notário Cruz, do Grupo Frigomil.

A propriedade Fazenda Serra do Ouro, situada na cidade de Pimenta Bueno (RO), que há três anos registrava abates de aproximadamente 500 animais por ano, adotou o sistema de Terminação Intensiva a Pasto (TIP), por orientação da equipe da Connan, aumentando o potencial de abate para 2.100 animais por ano.

De acordo com o médico-veterinário e supervisor comercial da Connan na região, Diego Andrade, este resultado se deve ao fato da propriedade ter adotado a TIP, em paralelo ao uso das tecnologias da empresa. “Inicialmente a propriedade realizava a terminação de animais no semiconfinamento fornecendo 1% de ração em relação ao peso vivo dos animais. Uma média de cinco quilos de ração por cabeça”.

Na época, 300 animais alimentados com cinco quilos de ração no período de transição entre águas e secas não registravam performance satisfatória para o frigorífico. Esse resultado se dava pelo fato de consumirem apenas 40% da dieta total em matéria seca via cocho. “Os outros 60% dependiam de pasto, que neste período do ano está em transição, perdendo muito do valor nutricional”, explica Diego.

Foram disponibilizados 96 animais para implantação da TIP, com o uso do Nuclemix Connan Termina-Fácil, na Fazenda Serra do Ouro. Os dados mostram que a boiada engordou 6,8 arrobas em 91 dias, sendo a lucratividade de 3,4% sobre o investimento total. No período, o lote de 96 animais consumiu em média 2% do peso vivo inicial, registrando em três meses uma média de 8,54 quilos de ração. “O protocolo é muito fácil de ser implantado e os valores obtidos foram muito acima das expectativas”, salienta o pecuarista.

“Durante as 12 semanas os animais permaneceram no piquete e alcançaram um ganho de 6,8 arrobas de carcaça por animal. Comprovando a viabilidade de um protocolo intensificado dentro da propriedade, produzindo arrobas de carcaça com acabamentos satisfatórios”, detalha Diego.

Ainda de acordo com o médico-veterinário, a fazenda (de 220 alqueires) teve 50 alqueires reservados para a implantação do sistema em 10 piquetes de 12 hectares. “A partir desse ponto, passamos a ter condições de trabalhar a cada 90 dias uma média de 700 animais”.

Devido aos altos resultados, o protocolo de Terminação Intensiva a Pasto (TIP) da Connan foi implantado nas outras propriedades do Grupo Frigomil. “O resultado é surpreendente, tanto zootécnico quanto financeiro para as fazendas”, comemora Renato.