Notícias
LINHAGEM LEMGRUBER GARANTE ALTO RENDIMENTO FRIGORÍFICO
2015-05-04

 

Esta linhagem da raça nelore surpreende devido seu alto potencial de produção de carne e conformação frigorífica. A afirmação é do pesquisador da Embrapa Gado de Corte e Programa de Melhoramento Genético Geneplus, Leonardo Nieto, referindo-se à linhagem Lemgruber, que chamou a atenção de 80 produtores rurais, durante o 3º Circuito de Embrapa Geneplus, que avaliará a produção de sete propriedades rurais de Mato Grosso do Sul até a próxima sexta-feira (17).

Criadores da Bahia, Mato Grosso, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo e Tocantins se uniram aos sul-matogrossenses para conhecer detalhes da linhagem bovina que ganha repercussão pela potencialidade de produção ao cruzarem o sangue com outras linhagens. Nesta quarta-feira (15) produtores rurais visitaram a Fazenda Elge, em Dois Irmãos do Buriti (MS), única propriedade do Estado que produz Lemgruber, Puro de Origem (PO) em grande escala, com rebanho de aproximadamente 1.600 cabeças.

“Rusticidade, fertilidade e docilidade são as principais características da linhagem Lemgruber, que contribuem para o excessivo ganho de peso. Aproveito esta genética e junto a um manejo simplificado, semelhante ao do gado de corte, e o resultado são animais capazes de produzir a proteína vermelha a partir da pastagem disponível, independente do clima, o que torna a prática sustentável”, destaca o proprietário da Fazenda Elge, Ricardo Alonso.

O Programa Geneplus trabalha sob a perspectiva de identificar e multiplicar a genética dos animais que se destacam, e garantir maior rentabilidade ao pecuarista. “Os animais são avaliados individualmente e recebem notas de 1 a 6, variando de acordo com suas características genotípicas e fenotípicas. Os animais com maiores notas têm a genética replicada, gerando um rebanho uniforme, farto e rentável”, destalha o pesquisador Nieto.

Após a Fazenda Elge, o 3º Circuito Geneplus Embrapa seguiu para Miranda, onde apresentou aos produtores rurais a criação nelore PO da Fazenda Bahia da Boa Vista. Nesta quinta-feira (16) o Circuito se mantém em Miranda, na Fazenda Bodoquena e encerra na sexta-feira apresentando dados da pecuária pantaneira em Corumbá, nas Fazendas Aroeira e NSA.

Nelore Lemgruber

A linhagem foi importada para o Brasil em 1878 por meio da família Lemgruber, que deu nome à subespécie. A partir de 1974, a família de sobrenome Cardoso iniciou a seleção da linhagem com diretrizes bem definidas, incluindo adapatação a pasto e criando animais rústicos, extremamente adaptados ao País, propiciando excelente ganho de peso em distintas condições.

 

A Fazenda Elge dá continuidade às características originais, mantendo a rusticidade aliada à docilidade dos animais, com altas taxas de ganho de peso e boa habilidade materna.

Confira a reportagem que foi ao ar na afiliada da rede Globo, TV Morena.

 

http://g1.globo.com/mato-grosso-do-sul/ms-rural/videos/t/edicoes/v/programa-ajuda-no-melhoramento-genetico-do-rebanho-de-corte-em-ms/4118849/

 

FONTE: RICA COMUNICAÇÂO